segunda-feira, 22 de julho de 2013

As Duas Faces de Inuyasha,Confira As Diferenças Básicas entre Mangá e Animê

As adaptações sempre sofrem algum tipo de modificações.Assim acontece em roteiros que sofrem adaptações de alguma forma de quadrinhos para os chamados movie actions e porque não, com os animês. Uma mangá normalmente tem mais detalhes e conta a história com maior riqueza, se aprofundando mais de alguma forma, para que tudo fique mais simplificado. Claro que outros fatores podem influenciar também, como divergências entre estúdio e o desenhista, e o diretor e tudo o que envolve um processo de criação.





  No caso de Inuyasha (1996 a 2009),da mangaká Rumiko Takahashi, não foi diferente e claro nem sempre agrada a todos os fãs. No entanto as diferenças ambos os formatos causaram sensação positiva, mesmo achando que o animê estendeu um pouco além do que precisava.


  Com 56 volumes,558 capítulos em 29 números da revista Shonen Sunday , no Japão a série chegou ao Brasil pela JBC e se tornou o título mais longo já publicado no país de forma integral, com 112 volumes. A versão anime,lançada e veiculada de 2000 até 2004 no Japão,sofreu mais que o mangá, pois foi cancelado em seu 167 capítulo , sem poder terminar a história.

 Mais, após cinco anos, sua conclusão pode ser feita em 26 capítulos, com uma produção mais moderna,incluindo o uso de tecnologia Full HD, algo nítido quando comparado ao início da série no começo no século.
  Uma das curiosidades é a forma como a história é narrada a partir deste momento, tendo uma dinâmica maior, pois a a autora adotou a tática de não inserir fillers, ou seja, histórias paralelas. O anime no Brasil sofreu mais que em qualquer outro lugar, isso por causa de censuras, episódios e falas que consideraram impróprias e assim foram limitados da TV aberta Brasileira. Muitos jornais por aí são muito mais ofensivos ...Enfim....
 A comparação entre as duas versões é inevitável uma vez que ambas tem o mesmo público, sendo assim: Uma das diferenças se encontra no capitulo 33 do anime, que é um dos que possui grande número de diferenças em relação ao mangá. Os personagens caem em armadilhas preparadas por Narak que os fazem ter pesadelos. No animes,Inuyasha vê uma Kikyou fria, com ódio por ele, que o mata. Já no mangá,a Kikyou que Inuyasha vê não sente só ódio ,mais também muita dor pela suposta traição do amado (ela até chora),ela tira a flecha nele e depois o abraça,dizendo que morrerá com ele. Ainda no mangá,Inuyasha não vê Kagome em seu pesadelo, e em suas meditações pensa sobre a dor que ele sentiu naquele dia.
 O Sesshoumaru felizão da primeira aparição no mangá é totalmente diferentes no do animê, Sesshomaru retira a Pérola Negra a joia que serve de entrada para o túmulo de Inu-no-Taichou, o pai de ambos,do olho de Inuyasha através de raios luminosos. No mangá o sistema é bruto e o Sesshomaru enfia as garras no olho do Inuyasha para arrancar a pérola.

Também existiram casos em que alguns personagens ganharam nome quando passaram para a telinha. Os lobos companheiros de Kouga, Ginta e Hakkaku ,e de Ah un, o dragão de duas cabeças de Sesshomaru.
  Cenas foram modificadas ou simplesmente limitadas da serie anime. Como no episódio sobre o renascimento de Kikyou,que história do anime termina com ela caindo do penhasco e mostra Inuyasha arrasado. Algo que no mangá acontece com Inuyasha arrasado pela morte de Kikyou, no entanto ao ver Kagome ainda caída, o herói se mostra preocupado com ela e quando percebe que ela está bem, fica feliz e se pergunta como o sorriso da Kagome pode pode fazê-lo se sentir bem e aliviado, apesar de tudo o que aconteceu a Kikyou.
  Existem outras diferenças que não poderei citar aqui pra evitar mais spoilers, para quem ainda não leu ou assistiu, por isso é bom ficar ligado que o anime e mangá de Inuyasha existem essas duas faces, por esse motivo é bom saber apreciar essas pequenas mudanças!

Nenhum comentário:

Postar um comentário