segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Engine sentai GO-ONGER

Chega de falar de sentais bons e perfeitos, certo?! os ruins também terão espaço aqui. O primeiro sentai "ruim" que vou falar é Go-Onger.




  Pra começar, você pode que esta lendo isso pode ser um dentre dois tipos de leitores: o que assistiu e gostou (ou assistiu não gostou) , ou o que não assistiu. Se você for do primeiro tipo (no caso o que gostou) não me jogue pedras com faíscas nos comentários, os comentários estão abertos pra vocês discordarem de mim e dar suas opnioes, vai que eu falo alguma coisa errada ou mudo de ideia, vai saber?! Agora, se você é do tipo que não assistiu, não aceite tudo que eu disser, é como eu disse, é apenas a minha opnião, é uma breve análise feita por um cara de 18 anos que ainda assisti sentai.

Apesar de depender muito do gosto de cada um, eu não recomendo essa série, e pro meu azar, ela esta no meio de duas série que eu gosto muito, Gekiranger e Shinkenger, ou seja, ela apareceu no filme das duas séries... Tá agora chega de choramingar e vamos começar logo.

Olha a abertura do negócio:

  Uma coisa é certa, pela abertura dá pra gente perceber como a série vai ser: bem tonta. Não sei vocês mas, junta essa músiquinha tosca ai, com os mechas de carros com olhos, já dá pra sacar na hora que é uma série besta.

  Um ponto positivo pra essa abertura (pelo menos um, né?!) é que na apresentação dos personagens, aparece, como sempre, o nome do personagem, do ator e uma característica do mesmo também, isso eu achei legal.(vermelho = SpeedKing, Azul = Cyclopedia, Amarela = Sweet Angel, Verde = Vagabond e Preto = Chaser).

  Uma coisa legal também é que a animação da abertura segue o ritmo da música, na parte lenta, dá pra ver claramente que a animação/movimentos dos personagens ficam lentos também, isso também ficou legal. Pronto, outro ponto positivo pra abertura. (reparem no 0:45, os rangers ficam em camera lenta porque a música esta lenta, ai mostra os viloes bem devagar e quando a música fica rápida de novo, PÁ, volta os movimentos rápidos).

Nota: 9.0, apesar de ser uma música criança e eu não gostar muito, combina com a animação e faz a gente ter uma ideia de como é a série.

História

  A série começa com os mechas fugindo dos inimigos, e caem no mundo dos humanos e precisam de humanos para poderem lutar, sim a série usa meche com mundo paralelos. Apesar de usar um tema tão complexo assim (mundos paralelos) o tema e mundos nem são muito trabalhados, existe? sim, mas que se foda. O objetivo dos viloes é o mais bizarro, eles querem poluir e deixar o mundo sujo... é exatamente isso.

  Inicialmente Go-onger começa com 3 rangers, Vermelho, Azul e Amarelo. Depois entram o verde e o preto, que entram basicamente depois de tanto pedir (encher o saco). Acho que a "história" é basicamente essa, mechas falantes vem do mundo das máquinas (tipo do filme Cars, da pixar, sabe?!) escolhem um humano para emprestar seu poder e os dois juntos lutam contra o mal. Muito empolgante, certo?!

  Claro que Go-onger tem uns episódios legais, essa história é BEM simples mesmo, mas o desenrolar dela é legalzinho, não tanto quanto Gekiranger ou Shinkenger, mas dá pra descontrair vai...

Nota: 5.0, história fraquíssima!!!

Personagens
  Go-onger sobre um sério problema quanto a personagens: são todos iguais, pelo menos os iniciais, não tem muita diferença entre eles, claro que cada um tem uma característica, o Azul é o nerdão, o verde o preguiçoso mas, em geral são todos, como posso dizer, tontos.

  No começo, o Preto é um pouco "bad boy" e entra na equipe praticamente por pressão (ele entra e arrasta o verde junto), depois disso, todo o jeito de machão e durão que ele teve, meio que se tornão no "machão que no fundo é tonto". Claro que isso faz um química boa entre os personagens mas, uma química de adultos que se parecem crianças...

Uma cena dirigida por Roberto Gomez Bolanos...

  Isso começa a mudar quando aparecem os strikers, os dois são totalmente independentes e só se consideram parte dos Go-ongers depois de um bom tempo, no começo eles são apenas os "Go-on Wings". Dá pra perceber que os dois são bem mais crescidos que os outros cinco, acho que os produtores perceberam que faltava um pai e mãe para aquelas crianças (ba tum tss...)

Nota: 7.0, eu daria seis porque apesar de tudo, são personagens engraçados e medianos... mas, eis o motivo pelo qual Go-Onger merece um ponto a mais na nota:

Uma das rangers mais gatas hahah (na foto pode não dar p perceber, mas googlei outras fotos aê).

Uniforme

  O terceiro sentai a ter o vermelho com capacete de bico-de-angry-birds, mas o primeiro a ter 2 designs diferentes entre os 5 rangers iniciais, lembrando novamente que os verde e preto só entram na equipe a partir do episódio 3. Não foi o primeiro a introduzir dois strikers de uma vez (Hurrikanger fez isso com o Goraigers) mas o primeiro a introduzir dourado e prata (que foi usada novamente de forma mais inteligente em GoBuster).

  Não tenho muito o que reclamar, é um desing legal, os cinco rangers iniciais tem como se fosse um cinto no peito e seu respectivo número, e tem como se fossem luzes nos capacetes porém, que nunca se acendem pra nada (diferentemente de Boukenger). Por falar em Boukenger, olhem só como o visual da roupa dos strikers lembra bastante o visual dos aventureiros... não diria totalmente igual, mas lembra bastante.

Nota. 7.0, é um uniforme que combina com a série (mas eu não gosto mesmo assim), não tinha como ser mais parecido com o tema carros afinal, já é o terceiro sentai que aborda esse tema... A nota é um pouco alta por causa dos Go on Wings (strikers) que eu gostei pra caralho do uniforme deles!!!

Armas

  Desse sentai eu só gosto das armas dos Go-on Wings, mas isso eu já explico.

  Sabe aquela arma diferenciada que cada ranger tem que no final elas se juntam e formam uma super bazuca (ou espada, né Gaoranger) pra derrotar o inimigo? as de Go-onger são as armas mais bizarra que eu já vi. Não pela combinação final em si, mas pela distribuição que é dada aos personagens (Azul e Amarelo).


  Eu não diria todas, mas elas são MUITO injustas... o Verde, preto e Vermelho tão de boa, tem um machado, um revólver e uma espadona, mas, e o azul e amarela?! que porra de arma é essa da amarela? ela joga um carrinho nos oponentes?! e do Azul? pra que uma arma desse tamanho, me diz?!

  Na combinação, a amarela é como se fosse a munição, ou seja, a amarela luta com a munição da bazua... caralho viu...


  A única coisa legal, mas é legal justamente porque já é clichê, dos cinco rangers iniciais, é a arma que todos tem, que no caso ela é uma espada e revólver. Sorte pra amarela, se não ela tava fodida!!! Pelo menos um ponto positivo pros Go-Onger iniciais, vai.


  Por falar em bazuca, lá pro final da série, aparece uma arma, que se junta com essa clichezona ai, que eu curti, combinou bastante com os mechas que apareceram também. A arma lembra aquelas sinalizaçoes de trem, sabe?! pelo meno no Japao era assim... e como os mechas eram de trem, combinou perfeitamente. Mais um ponto positivo.


  Já deu pra perceber que dessa série eu sou puxa-saco pra caramba dos strikers?! (go-on Wings) das armas de morfadores eu gosto só dos deles também. Olha ai pra vocês entenderem porque que eu vou elogiar tanto as armas desses dois:


  A esquerda é a arma é o morfador-relógio (sim, isso é o morfador... bizarro mas é foda pra caralho) e a direita a junção dos dois, morfador+espada = revólver. Dito isso, tem como não ser foda pra caralho essas armas?! Primeiro que os rangers tem revólver e espada e morfador, tudo em apenas dois aparelhos.

  Ta vendo esses 3 "botoes" vermelho ali na espada?! cada combinação que o ranger usa é um ataque/poder diferente, para besta e bem "pra que isso.." mas é bem legal sim, melhor do que aquelas que ficam mudando de forma, uma hora fica grande outra hora fica pequena sem explicação...

  Vale lembrar também que esse morfador ai, que lembra aquele negocio de marcar preço do supermercado é usado também pra pilotar os mechas, que são avioes?! SIM CARA, isso ai também lembra um controlador de avião. Perfeito

Nota: 9.0, as armas dos Go-On Wings são tão perfeitas que até esconde a sacanagem que fizeram com a amarela. portanto, um novo bem merecido vai.

Mechas

  Com toda certeza os mechas são praticamente os personagens principais da série, afina, essas porra são irritantes e sempre dão um jeito de aparecer com suas vozes irritantes. por sorte tem apenas 12 hahahah. Eu duvido muito que exista alguém (que tenha acima de 10 anos) que goste dos mechas falando e olhudos de Go-Onger.

  Como se não bastasse os bichos falarem nos minutos finais dos episódios quando eles vão usar os robôs, esses mechas dão um jeito de aparecer em holograma pelo morfador-celular (que eu disse que odeio) pra falar com os ranger, cara, desnecessário...


Agora esquecendo os mechas falando sozinhos, vamos para os robôs, pra mim os robôs e as combinaçoes são legais (quando eles ficam de boca fechada). Como no começo é só três rangers, o robô inicial é composto por três mechas, depois quando é entram o preto e verde, além deles fazerem parte do robô inicial, eles tem um robô próprio só pros dois, isso eu achei muito daora.

outro episódio dirigido por Roberto Gomes Bolanos....

  Apesar de eu só ter falado mal dos mechas falantes e olhudos de Go-Onger, pelo menos os robôs são legais, pelo menos um ponto positivo vai.

Nota: 6.5, só por causa dos robôs que são legais, como eu já disse, se não seria nota zero essa porra.

Conclusão da série

  A conclusão ta certo que voltou as origens dos 3 rangers iniciais, e teve um final digamos que "badass" mas... não é nada de outro mundo como nos outro sentais que eu já vi... é bem simplezão. Simplezão mesmo, creio eu que o final de "mas isso fica pra outra história" já é um gancho para o filme.

  Não tem muito o que comentar aqui não, o final é bem besta e não tem anda de plotwitst, um final bom? digamos que sim foi emocionante eles fazendo as poses sem o capacete e lutando o tempo todo sem mas... só isso

Nota: 6.0, final mediano...

  Eu não lembro o motivo de eu ter assistido Go-Onger, mas acho que foi porque ele esta entre dois dos meus sentais favoritos, Gekiranger e Shinkenger, ai eu pensei, vou ver essa porra vai! Só não me arrependo porque tem um dos strikers que eu mais gosto (tanto uniforme quanto principalmente armas).

Nota final: 7.0: é um sentai ruim? você considera sete numa prova ruim?! eu diria que Go-Onger não pode (e nem deve) ser comparado a seu sucessor ou antecessor, se não já é apelar... mas Go-Onger é mais ou menos... se você não tiver NENHUM outro sentai da década pra ver, veja esse hahahahah

Um comentário:

  1. Erh, foi isso mesmo que eu li? Sem querer soar muito ofensiva, eu apenas acho que a sua crítica foi meio agressiva demais. Começando pela abertura, música tonta? A abertura de Go-Onger pode não ter um tom sério como a de Gekiranger, mas não chega a soar ridícula, afinal de contas, Super Sentai é feito para o público infantil, não dá pra exigir um "Jetman" todo o ano, né? E faltou um pouquinho de aprofundamento na história, da maneira que você disse, parece que os vilões desejam poluir o mundo humano por pura diversão, evidente que não é o melhor tema do mundo, mas deu a entender que é isso, e só. Humor, querido, séries infantis não vivem apenas de drama, há momentos hilários, tristes e de todo o tipo, mas principalmente de humor.

    Tudo bem, tenho de admitir que o elenco(com exceção do Green, Masahiro Usui) é um pouquinho mais velho, porém, eu não me recordo de ter visto algum deles com um andador, rugas ou mal de Alzheimer na série. Hahaha, não assisti Boukenger, mas tenho certeza de que as lanternas dos capacetes tinham alguma utilidade, afinal de contas é um Sentai de EXPLORAÇÃO, tudo a ver com carros, né?

    Sim, os Engines são irritam um pouco, contudo, temos de admitir que ele são a "extensão" da personalidade dos personagens, porque todo mundo acha que os Engines vivem falando bobagem durante os episódios. Na minha opinião, a nota foi injusta, o entrosamento entre os personagens é ótimo, temos de tudo um pouco no decorrer dos episódios, mesmo na casa dos 30, ainda há, mesmo que não seja tão presente, a divisão do time em três: Red-Blue-Yellow, Green-Black e Gold-Silver, o que às vezes desaparece nos outros times onde o time inicial era composto por três personagens.

    Eu dou 8,75, pra não parecer tão puxa-saco.

    Adeus

    ResponderExcluir