sábado, 12 de outubro de 2013

The Golden Notebook [+18]


 Só avisando: nada do que você ler/ver pode fazer algum sentido. [+18]




 The Golden Notebook é um one-shot do conceituado Maruo Suehiro, e não é aconselhável para menores de 18 anos ou para pessoas frágeis. Tudo, absolutamente tudo é extremamente cru. Como estamos se tratando de um one-shot de 7 páginas, não há muito o que se dizer. Por isso vou postar todas as páginas aqui e comentá-la cada uma. Como é o meu primeiro texto sobre, irei discutir um pouquinho os seguintes pontos: Para que serve um One-Shot? O que se espera deles? O que é necessário para criar um? Qual a finalidade? Essas e outras perguntas, hoje no globo repórter (bad, tum, tss). Ok, não teve graça. Mais o assunto é sério, Let's Go!
_________________________________________________________________________________

 Não é a primeira vez que li uma obra bizarra. E muito menos será  a última. Mangás esquizofrênicos sempre me chamaram a atenção, não por ter a bizarrice como prioridade, mais sim por achar interessante. E todo mundo sabe que o mangá precisa ser interessante, não importa como ele chamará a atenção, importa que ele seja atraente. Porém nem todo mundo vai entender a sua proposta, ou a sua finalidade. Afinal, tudo é questão de interpretação, como eu disse no post Como interpretar um mangá

Se sentir a vontade nesse universo psicodélico, não é uma missão nada fácil. Assim como dei várias recomendações na postagem Mangás bizarros , The Golden Notebook não é diferente nenhum pouco em relação aos que estão citados lá. Ainda existem pessoas que os crucificam, pela sua abordagem. Por isso ter uma mente receptiva é fundamental, é preciso mergulhar nesse mundo com o estômago preparado. Esteja ciente, que a escrotidão sempre será a prioridade.

 Pra ser sincera, eu acho que se The Golden Notebook for comparado com Death Panda e Franken Fran ele não chega a ser tão pesado assim, até porque ele dá enfoque somente nas mortes. Já nos outros se percebe algo mais amplo em relação a esse mundo, como estupro, assassinatos, tripas, sangue, e corpos destroçados, etc.

  Então, o que você verá a seguir são só mortes, fique tranquilo.




 Já posso ver um sorriso sádico no rosto de vocês? Eu acho que essa foi a intenção do autor. A de chocar as pessoas, e em seguida quebrar toda aquela tensão com uma espécie de vingança do destino. Se você se colocar no lugar do capeta vai achar divertido, alias para gostar de mangás/one-shot's desse tipo é preciso olhar com aquele olhar maldoso mesmo, caso o contrário achará uma merda. Eu também confesso, que ia gostar de ver um mangá do The Golden Notebook, claro que muito mais desenvolvido. Seria no mínimo interessante, e sendo assim já teria o suficiente para me entreter. Mais sabemos que isso vai acontecer no dia de são nunca. Entretanto, eu compraria o mangá. Mesmo não tendo nada ultra mega inovador, acredito que a proposta do autor me passou confiança, seguiu corretamente na linha da escrotidão, enganou os leitores, e ainda conseguiu passar um ar sádico, eu achei bem curioso. Não é a coisa mais bizarra que já vi, mais andou corretamente  nesse segmento horrendo.

_________________________________________________________________________________

O que é um One-shot?
 Todo mundo já sabe, mais vamos lá. One-Shot poderia ser traduzido como; leitura rápida. São aqueles mangás que contém somente um capítulo, seja curto ou postado de uma só vez ou em várias partes, que não faz necessariamente parte da série. No geral, eles são feitos para concursos, e as vezes mais tarde são evoluídos para uma série de mangá em longa-metragem, parecido com episódio piloto de televisão. Mangás famosos como Death NoteOne Piece e Dragon Ball começaram por um one-shot.

O que se espera deles? Ou/e o que é necessário para criar um?
 Sempre quando leio um one-shot, eu espero no mínimo que seja divertido. Não importa em que caminho a diversão vai se seguir, o que se espera-se é que chame a atenção, e que atraia o olhar curioso. Caso o contrário, será algo irrelevante, um grande pedaço de nada.
 Para se criar um, eu acredito que a criatividade tem que estar bem envolvida, pois sem isso nada pode ir pra frente. Fica á dica.


Por fim, deixo a pergunta final para vocês. O que vocês esperam de um one-shot? Vocês leriam um mangá do The Golden Notebook? Se sintam a vontade para opinar, e até a próxima navegantes.
_______________________________________________________________________________

6 comentários:

  1. Adorei e ri muito no ultimo quadro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, temos um sádico(a) aqui? haha pior que foi engraçado mesmo =D

      Excluir
  2. Mas oque? kkkkkkkk Não sou chegado a one shots assim, quando eu leio um mangá, ou um one shot, eu faço os seguintes questões a história, 1ª Sobre oque ele é? Eu sempre procuro características na história pra poder identificar sobre do que ela fala, ou do que ela trata, para então fazer o 2ª questionamento, Oque move a história? Pra mim, uma boa história tem que se justificar, não importa muito as razões, as coisas acontecerem porque sim, me incomodam, e o 3ª Qual a intenção do autor? Com a ajuda dos outros dois questionamentos, eu procuro entender qual foi a intenção do autor, oque ele quis passar naqueles capitulos? E sobre esse One Shot, ainda estou tentando entender sobre oque ele é, talvez eu precise de uma outra leitura, pra entender esse ponto, oque moveu a história? Oque levou a esse ponto, a história não tem uma unidade, pois não há um inicio, e qual foi a intenção do autor? Chocar? Mas chocar por chocar? Eu realmente não compreendi, por favor até quero que me corrija se me equivoquei em algum ponto, eu gosto dos seus contra-argumentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eu penso da mesma forma. Do mesmo jeito que nós precisamos nos alimentar pra sobreviver, as histórias precisam de algo que as sustente pra que ela ande. É por isso que eu gostaria de ver um mangá de The Golden Notebook, porque eu queria entender os motivos e etc. Esse é um one-shot, não tem como esperar algo completamente explicativo, pois elas sempre deixam uma brecha para a curiosidade do leitor. O choque que ela trouxe desperta interesse, ou seja, o suficiente pra querer ver um mangá explicando tudo, sendo assim mais amplo.

      Excluir
  3. Saudações


    Fiquei pasmo...
    Este one-shot realmente soube conduzir as terminações [desgraça] e [vingança] aprazivelmente...

    Não é uma obra feita para qualquer pessoa, fato (e concordo contigo, Thais).
    Mas inegavelmente ele chama a atenção pelo que mostra e, principalmente, pelo final que se fez conduzir...

    Digno de nota, totalmente!

    Ótimo post, nobre.


    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente não é pra qualquer um mesmo, mais não deixa de ser interessante, né ? ^^
      Obrigada pelo comentário Carlírio o/

      Excluir