sábado, 1 de março de 2014

Você precisa assistir Lupin lll - O Castelo de Cagliostro



Lupin também roubou o meu coração …. <3

Sinopse

Lupan é um ladrão famoso, que após um roubo muito bem sucedido, percebe que foi enganado depois de saber que roubou notas de dinheiro falsas. Disposto a encontrar o responsável por essa falsificação, ele descobre que o dinheiro vem de um país distante e esquecido, já famoso pela fabricação de dinheiro falso por todo o mundo , e encontra Clarice, a herdeira da família real de Cagliostro. Clarisse está em perigo devido ao segredo que sua família esconde.

Sobre o Lupin

Segundo filme animado de Lupin III e indiscutivelmente o mais famoso, “O Castelo de Cagliostro” foi escrito e dirigido por Hayao Miyazaki (que também co-dirigiu o primeiro filme e as primeiras séries de TV de Lupin III e dirigiu dois episódios da segunda), antes de formar o Studio Ghibli. O mangá foi publicado pela primeira vez em 1967, seguindo as aventuras de um grupo de ladrões liderados por Lupin III , neto de Arsène Lupin, o ladrão cavalheiro da série de Maurice Leblanc, que possui como característica marcante o cavalheirismo.

Originalmente dublado e lançado em 1991 pela Streamline Pictures, uma nova dublagem foi gravada pela Manga Entertainment em 2000 e mudou o tom de muitos personagens.

O título faz alusão à La Comtesse de Cagliostro (A Condessa de Cagliostro, o título de uma aventura original de Arsène Lupin, personagem do escritor francês Maurice Leblanc).

(informações via Wikipédia


Depois que eu soube da notícia que Lupin III – mangá escrito e ilustrado por Kazuhiko Kato sob o pseudônimo de Monkey Punch – iria ganhar uma versão live-action no cinema, caí na real que estava esquecendo de resenhá-lo aqui no blog. Então, pra tirar esse post dos rascunhos e ir definitivamente ao ar, peguei o primeiríssimo longa metragem do Hayao Miyazaki (O Castelo de Cagliostro), grande clássico que viria mais tarde influenciar outros diretores do gênero.

Eu não sei vocês mas o Lupin faz muito o meu estilo. Ele é daqueles personagens que transborda carisma, não pelos diálogos ou pelas atitudes, mais sim pelo conjunto de personalidade. Isto é, os fatores pelas quais o transformam num cara legal, tanto da série de tv, como nos filmes. Isso não quer dizer que adoro todo tipo de personagem que se envolve em cenas de ação e etc, mas o modo como ele lida com essas situações. Esses tipos de comportamento perante tais circunstâncias é que me agrada, e não o ato em si. Por isso que o Lupin se torna um personagem tão agradável, pois ele possui uma carga de personalidade tão grande que ele fica bem cinematograficamente com qualquer tipo de cena, tanto sérias como cômicas. 

Não que eu queira puxar saco mais uma vez, mas não posso deixar de dizer aquilo que é inevitável. Miyazaki é um puta gênio. E posso provar isso com um argumento bem simples. Basta dar uma olhada no filme O Castelo de Cagliostro. Lupin que na série de tv e nos mangás é um cara super treta, no filme ele mostra um lado um tanto que desconhecido do público: um cara romântico. Sim, daqueles bem caretas. Então … como um personagem que possui uma genética seinen pode ser mostrado como um cara romântico? Bem, essa resposta se encontra no paragrafo anterior. Acredito que o Miyazaki percebeu a essência de Lupin, e o transformou em algo mais nítido. Lupin fica bem em qualquer tipo de cena, e Miyazaki provou isso. E provou com categoria, sem mudar a personalidade do personagem, mais só com uma atitude bela de dar um empurrãozinho para que Lupin pudesse atingir outros patamares, outras experiências. E o resultado foi melhor do que o esperado. 

Essa questão de carisma até vale para os demais personagens. Eles não possuem grandes diálogos uns com os outros, e o passado não é detalhadamente exposto, mesmo assim, basta olhar para cada um deles para se ganhar confiança e intimidade. E isso é muito bom para a franquia, como para o telespectador, e ambos saíram ganhando com isso. 



A história de Castelo de Cagliostro é bem simplória. Não tem segredo e muito menos reviravoltas. Nada do que foi mostrado no filme foi perda de tempo, ou encheção de linguiça. É uma história de puro entretenimento sem mensagens ocultas, e/ou ensinamentos ecológicos – que mais tarde Miyazaki ia usar como uma das suas características. 

Eu percebi também que o filme não quis mostrar o lado bonzinho de um ladrão, ou um lado romântico de um cara todo ‘bruto’. Não! O grande brilho de Castelo de Cagliostro foi administrar essas essências como elementos de um ponto de vista, isso sem perder a identidade da série. Mais um ponto para Miyazaki. 

_______________________________________________________________ 

Enfim … 
Não vou dizer mais detalhes, pra não estragar a graça de ninguém. Estou sendo bem direta nesse post porque estou maravilhada até agora com tudo o que vi. Me faltam palavras. Mas antes .. tem a pergunta .. Porque Lupin III - O Castelo de Cagliostro deve ser visto por todos? 

A resposta pode parecer clichê, mas é a pura verdade. Castelo de Cagliostro é um filme pra você apreciar o momento, sem se preocupar se existe alguma mensagem por trás daquilo. Por isso, quando for assistir se deixe levar pelas cores multicoloridas esbanjadas na sua tela, e viaje com a trilha sonora. Tenho certeza que o clima de aventura e perigo vão lhe proporcionar o mais agradável entretenimento, independente da sua idade. 

Depois de assistir deixe nos comentários o que achou, e espalhe essa palavra. O mundo precisa assistir Lupin III – O Castelo de Cagliostro.


Nota: 5,0/5,0 

Nenhum comentário:

Postar um comentário