domingo, 3 de maio de 2015

Comentários Sobre a Enquete Passada (Paranoia com Spoiler, A Eterna Saga)






















Nhônhônhô sz  #InventandoAssuntoPraFugirDaRotina.

Mês passado fiz uma enquetezinha aqui no blog, para saber se vocês preferiam resenhas com ou sem spoilers. Pois bem. Primeiramente, acho válido comentar o porque que eu fiquei encucada com isso. É um motivo bem simples. Cada dia que se passa, eu fico mais e mais obcecada com o jeito que escrevo. O blog recebe boa quantidade de visualizações (o pouco pra mim é muito) e este número não se reflete em comentários. Por conta disso, fica difícil saber se estou agradando ou piorando na maneira que escrevo. E eu quero melhorar cada vez mais. Ultimamente estou igual Clarice Lispector; odiando reler algum texto meu. Não que isso seja uma coisa ruim, de maneira alguma. Mas acho que seria revigorante reler alguma postagem e pensar ''poxa, nesse texto aqui eu consegui expressar tudo aquilo que queria, já nesse outro não tive tanta sorte, então preciso melhorar isso, isso, e aquilo outro''. Mas eu estou tendo pavor de reler algo meu depois de postado. Não sei explicar, parece que falta algo. Sempre há mais alguma coisa que deveria ter dito e não disse. Porque no momento a tv me distraiu, alguém interrompeu, ou algum pensamento idiota me levou pra longe do foco. Por isso, acabo esquecendo aquilo que mais queria dizer. Isso não é só sobre postagens, mas eu sou assim na vida também. Depois que tenho alguma conversa com alguém, sinto que esqueci de dizer algo pra ela. Mas nunca sei dizer exatamente o quê. Enfim, mas esse não é o foco aqui. Percebem? eu ia comentar sobre spoilers e já to me estendendo muito sobre outra coisa. Já esqueci o que ia falar sobre, mas de qualquer maneira irei prosseguir e tentar chegar o mais perto possível da intenção. 

Cof, Cof, como ia dizendo, por conta desse meu ''déficit de atenção'' ou o melhor dizendo; por causa dessa ''perda de memória recente'', eu não estou tendo o prazer mais de reler os meus textos porque sei que esqueci de dizer mais alguma coisa. Mas certo dia eu percebi no exato momento de escrita, que eu estava me censurando demais sobre soltar spoilers. E isso estava me incomodando. Qualquer coisa que eu dissesse, em outro ponto de vista poderia ser considerado spoiler. Então, fiz a enquete, pra saber a opinião da maioria. E o resultado foi esse:


Como podem perceber, foi muito acirrado. E minha solução final é bem óbvia. Dividir as postagens entre as que têm spoilers e as que não têm. Para agradar tanto os que assistiram tanto para os que não. Espero que não se incomodem com essa pequena dividida na escrita, e que continue visitando essa amada nave. Qualquer crítica, conselho, ou até mesmo elogio, seja bem vindo nos comentários. E desculpa por tomar o seu tempo com um detalhinho tão besta, que tinha uma solução tão óbvia. É que eu gosto de ser transparente, e quero estar mais próxima de vocês leitores. Falar de um jeito que vocês entendam e gostem. Sei que um bom escritor escreve o que bem entende e foda-se. Porém, eu não me considero boa o bastante para tal, e me coloco no lugar dos outros. Por mim eu escreveria postagens com spoilers em cada linha, porque eu gosto de entrar num blog, ler uma postagem com spoilers e tudo, pois isso me dá mais vontade de conhecer tal obra, ou então, reforça a minha opinião sobre ela (caso eu já conheça). Mas claro, falo do spoiler saudável. Aquele que revela mas ao mesmo tempo não. Sabe qualé? Então. Conta alguns pontos, mas sem entregar muito o jogo. Por exemplo; todo mundo que assistiu Breaking Bad, sabia que o Walter White iria morrer mais cedo ou mais tarde, até porque logo no início ele foi diagnosticado com câncer. Mas nós assistimos mesmo assim, porque não sabíamos como aquilo ia acontecer. Se realmente seria com a doença, ou alguém ou alguma outra coisa iria tirar a vida dele antes da enfermidade. Esse tipo de revelação não deve ser considerado spoiler, e infelizmente é, para aqueles que tem paranoia com pequenas revelações. Para alguém que ainda nem começou a assistir Breaking Bad, certamente pode pirar com essa informação de enredo. Mas desculpa, a série já acabou à um bom tempinho, portanto, você perdeu o direito que tinha sobre ela. Apenas, lide com isso. 

Eu penso que uma boa crítica precisa do máximo possível de informações do enredo e de outras parecidas, pra ter uma boa base de interpretação e opinião que seja convincente. É preciso considerar o todo da obra, e não apenas o superficial dela. A paranoia com spoiler pode estar sendo o mal do século, porque hoje em dia qualquer coisa é considerado spoiler, até mesmo a sinopse. E isso está matando a boa crítica. Porém, eu tendendo esse sentimento, já passei por isso. Certa vez, num passado não tão distante, estava eu de boa no facebook, e de repente alguém surge do nada no chat e me diz coisas que pra mim naquele tempo, eram reveladoras sobre One Piece. Como por exemplo, o fato de que o Ace morre, a tripulação do Luffy se separa. Na hora fiquei extremamente puta com isso, e sinceramente considerei parar de assistir. Mas continuei (ainda bem) e quando isso aconteceu eu não lembrava de ter lido aquele ''spoiler'' e a surpresa foi a mesma. Porque eu não sabia como aquilo iria acontecer. E é aí que tá. Eu quero focar meus textos mais pra esse lado. Revelar mais ao mesmo tempo não. E quando isso acontecer, pode ter certeza que irei avisar. Não deveria, mas vou. 

Enfim, se puder me conta nos comentários o que você acha sobre essa saga que não tem fim (To falando de spoiler e não te One Piece ... se bem que né AEHUEAHUEA). Então é isso. Esse assunto é mais polemico que mamilos, mas sempre rende assunto, uma vez que já tinha falado sobre ele aqui. Não quero mais voltar a bater na mesma tecla, até pra não soar repetitiva, mas sabemos que esse é um assunto inevitável, e o tempo faz com que ampliamos nossa visão sobre o assunto, então surge essas vontades de falar mais sobre o tema. Acho essas ''escapadinhas'' muito produtivas para o blog, e gostaria de fazer mais isso. Certamente vou tentar. Isso é claro, se a as paranoias não me consumirem com sua razão. Pensei e pensei, e até agora não achei, e você? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário