terça-feira, 17 de outubro de 2017

A volta de ''Osomatsu-san'' é comédia pra ninguém colocar defeito
















Os irmãos sêxtuplos voltaram a todo vapor.

Piadas com humor negro, vulgaridade, escrotidão, paródias ... passando muito longe de fofuras, clichés, e toda aquelas fórmulas prosaicas que só agrada o otaku raiz; Osumatsu-san é um anime que sabe rir de si mesma. E isso é genial por si só. O reconhecimento não só por parte do Japão como também no Ocidente, é mais do que merecido. Não é atoa que ele ganhou mais uma temporada. Um anime como este, ganhando notoriedade, é quase que um milagre. No entanto, ele faz por merecer.

Com uma linguagem reformulada, Osomatsu-san tem uma pegada mais adulta de como costumava ter quando foi exibido pela primeira vez na TV. A adaptação do mangá de 1960 para animação, se distanciava bastante até de como ele se mostra hoje, afinal, os tempos mudam, e o público se renova, trazendo com ela uma outra vibe. Ao contrário do que poderia ser, Osomatsu-san não apela para cenas de ''bolos e chás'' *termo que uso para o Kawaii, as famosas fofuras desnecessárias* como infestam nas temporadas de animes todos os anos. E mesmo não indo nessa corrente de personagens açucarados, Osumatsu-san conseguiu conquistar um público fiel que o transformasse no sexto anime mais vendido, e com isso, conseguindo muito merchan pra bancar mais episódios.

Agora vem o questionamento: como um anime que divide seus 23 minutos de duração em duas esquetes de 10 minutos, que não segue se conectando diretamente um com o outro, e que mostra seis irmãos gêmeos interagindo, se tornou tão atraente? É isso que tentarei explicar.

Um dos motivos que considero Osomatsu-san um sucesso não só de público mas também de qualidade, é o time de produtores escolhido. Não só o estúdio Pierrot que faz o anime funcionar como deve, mas todos os roteiristas que fazem os storyboards, o diretor Yoichi Fujita, o elenco de dubladores que captaram a personalidade de cada um *como o Takahiro Sakurai, a Kujira, dentre outros* enfim, toda a produção é extremamente experiente com comédias que pensam fora da caixinha, proporcionando assim, um trabalho mais do que competente. Eu diria, excepcional.

Osomatsu-san é uma série muito mais de timing do que análise crítica. Se eu contar o que acontece e dissecar algumas cenas, não vai ter o mesmo efeito do que assistindo. A minha vontade de fazer review semanal é grande, mas certamente eu não saberia dissecar ou colocar em palavras porque ele é tão bom. É uma obra muito mais impactadora se for encarada com o olhar de apreciação. Só tem graça se você assistir com seus próprios olhos. É muito mais uma coisa de momento.

À cada episódio, Osomatsu-san tenta se superar. Ele sabe brincar com as possibilidades infinitas que seu roteiro proporciona, portanto; se você acha que já viu de tudo, você não viu nada. Definitivamente, é um anime que sabe ''tirar leite de pedra''. Ele tinha tudo pra soar repetitivo e desgastante, só que a cada semana ele anda na direção oposta do achismo pessimista que qualquer pessoa poderia ter.  E essa nova temporada, está sabendo provar muito bem esse ponto.

Dito isso, também é importante frisar que Osomatsu-san não é aquele anime inovador, ultra mega blaster zoeiro, 100% politicamente incorreto, capaz de fazer você mijar nas calças de tanto rir. Muitas das piadas são bobas e idiotas, mas ela sempre busca o diferente e não o óbvio da situação. Alias eu definiria esse anime como uma caricatura de pessoas e momentos cotidianos. Ele pega as principais características e ressalta isso com um humor diferenciado. É isso que faz Osomatsu-san ser tão bom naquilo que ele quer passar.  Ele sabe exatamente o que quer.





******
Curta e siga nossas redes sociais (FacebookTwitter), pra ficar por dentro das próximas postagens. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário