segunda-feira, 15 de maio de 2017

Os Meus Vilões Preferidos dos Mangás e Animes


Mais um post para descontrair.

Já estava com saudades de reunir algumas das minhas coisas favoritas. Dessa vez, resolvi falar de alguns vilões que me marcaram, e que até hoje, me dão um arrepiozinho na espinha ao lembrar de suas maldades. Enfim, como poderão notar, tem muita coisa óbvia, mas fazer o quê. Eu gosto muito deles, e acho que cada um serve de exemplo como bons personagens isolados. 

É isso. Se puder, comente dizendo quais são os seus vilões preferidos e por quê. Vou adorar saber!

*Aviso: post escrito com algumas palavras de baixo calão. Apenas, relevem.

 BUGGY (ONE PIECE)

Esse é um personagem que gosto, mas não é por ele ser ameaçador. Alias, Buggy não coloca medo em ninguém. O que faz eu inseri-lo nessa lista de vilões preferidos, é o fato de sua presença marcante. Se ele estiver na cena, é diversão na certa. Todos os momentos em que ele aparece, se tornam muito mais atraentes. Buggy pode-se dizer que é uma versão do Mr. Satan (dragon ball) - outro ''vilão'' que gosto muito por sinal - que sempre rouba a cena na hora que aparece. 

Faz parte de um humor galhofa? Faz. Mas eu gosto. Merece estar aqui.

Esse personagem é um figurão!
Majin Boo (Dragon Ball)

Os senhores que me perdoem mas reservei um momentinho para minha nostalgia. Majin Boo é dono da minha infância, com certeza. Tem como não amar esse gordinho bizarro? Eu adoro quando ele atinge essa forma obesa e, fica com a personalidade extremamente infantil. Toda vez que ele transformava alguém em chocolate, eu não sabia se ria ou ficava com medo.  Amo forte <3

VÔ TI COMÊ, VÔ TI COMÊ, VÔ TI COMÊ
Light Yagami (Death Note)

Pra quem não sabe, Death Note foi o primeiro anime que vi *junto com One Piece* e o Light Yagami foi o primeiro que chamei de filho da puta - junto com Arlong. Então, esse personagem também tem um bocado de nostalgia para mim. Mas não é só por isso que ele está aqui. O Light também é o primeiro que me vem na cabeça quando penso num anti-herói. Me marcou muito!

 DIO (Jojo's Bizarre Adventure)

Eu tinha que citar esse filho de satanás. Dio Brando, entra para o time dos meus favoritos, por ser aquele tipo de vilão clássico *que chuta cachorro e tudo mais* porém de um jeito mais estiloso. Com certeza, merece o título de mais popular da série, e embora apresente alguns clichês em sua personalidade, ainda sim, ele é um personagem incrível por ser icônico na série Jojo, e muito, mas muito, inesquecível por mente doentia. Gosto muito <3



Pai (Neon Genesis Evangelion)

O que dizer desse pai super exemplar que ''caga baldes'' para o seu filho e não sente nenhum pingo de remorso por isso? Sim, considero o pai de Shinji um vilão, por justamente ser um cara frio ao extremo, passando por cima dos sentimentos de seu filho de maneira crua, e desumana. Gosto bastante dele no entanto, por causa que ele complementa a personalidade de Shinji, apesar de ser inescrupuloso e não ser considerado de fato um vilão em Neon Genesis Evangelion, ainda sim, isso era o suficiente para criar arrepios de asco em mim toda vez que ele dava as caras ou era mencionado. É sem dúvidas, uma presença bastante forte, mesmo que não apareça sempre ali na história. 


 O amigo (20th Century Boys)

Não se engane como esse cara é conhecido: de amigo ele não tem nada!!! Gosto muito desse vilão em 20th Century Boys, porque ele representa muitas coisas. Tudo o que há de pior nas religiões, na política, entidades, e etc, está nitidamente bem inseridas em sua personalidade. Resumindo: ele é a junção de toda podridão que há no ser humano. Aquela pessoa que só quer atrasar o mundo, com seu idealismo de merda, e sua mente ridiculamente infantil, sacas? Então. Ele é um dos meus malvados preferidos por ser um personagem muito bem construído, que vai além de ser um bom vilão no mangá, indo de encontro com figuras históricas reais que conhecemos que fizeram e ainda fazem cagadas pelo mundo inteiro.

 Shishio (Rurouni Kenshin/Samurai X)

Eu não poderia deixar de falar dele, o cara que proporcionou para Samurai X um dos melhores arcos em minha opinião, seja no mangá como no anime. Shishio, o Battousai que foi queimado vivo, reuniu uma gangue, com o intuito de dominar o Japão, derrubando o governo Meiji. Ele é um vilão clássico que tem uma ideologia extremamente forte, uma presença muito marcante, e que diz muito sobre o passado de Kenshin.  Por sua vez, acho a filosofia de Shishio digno da personalidade de um bom vilão - vulgo a lei do mais forte. Isso também proporcionou um bom contraponto para a nova vida de Kenshin. Enfim, é um vilão bem pensado, que casa muito bem com tudo àquilo que Kenshin foi e tudo que ele era naquele momento. Não posso deixar de comentar também que ele com suas ataduras, sua cara de ''foda-se os inocentes'', e seus planos de incendiar Kyoto inteira, é de arrepiar, no entanto, de ódio.


Johan (Monster)

Quem diria que aquela criança debilitada no hospital, se tornaria o monstro que se tornou depois de adulta. Johan é o tipo de cara que sabe manipular qualquer situação ao seu favor, com seu carisma, e sua carinha de bom moço. O legal do mangá e do anime, é que esse vilão nem sequer aparece tanto, mas ele está em tudo. Isso porque sua presença é muito forte na história, que ele nem precisa aparecer em carne e osso para ser notado ou lembrado. Suas ações dizem muito sobre si.

Eu gosto de como a história revela apenas um pouco sobre ele gradativamente, porque é uma surpresa atras da outra. Quando você acha, que não dá pra ele ser tão do mal, o autor nos prova o contrario. Pra você ter uma noção, desde pequeno ele já era a encarnação do anti-cristo na Terra. Induzia milhares de pessoas ao suicídio e assassinato, tudo porque sua lábia para monstruosidades é um talento que veio do berço.

Acreditem: não é atoa que Johan aparece em praticamente todas as listas de vilões memoráveis que vemos na internet. É impossível não sentir ódio desse cara.


Griffit (berserk)

ATENÇÃO SPOILERS FORTES DE BERSERK, LEIA ESSE TRECHO POR SUA CONTA E RISCO!

Pense num cara filho da puta. Isso mesmo, estou falando do Griffith. O demônio disfarçado de príncipe, é um dos maiores traíras que já tive o desprazer de conhecer nos mangás. Engraçado que foi justamente esse sentimento de traição por Guts, que o levou à ser o cuzão que conhecemos mais tarde.  Porém, nada justifica a aberração que se tornou. Violar sexualmente a paixonite do seu melhor amigo, usar a vida dos seus seguidores fiéis para se tornar '' a mão de Deus'', é de um coração de pedra sem tamanho. Gosto muito do modo como ele se transforma, e cresce na história.

Também não é atoa quando citam ele nas listas de melhores vilões, sua maldade é uma das mais históricas. Só quem já leu o mangá sabe o quanto ele é um personagem inesquecível. Totalmente merecedor do nosso ódio.

Não se enganem com essa carinha angelical, este homem é o capeta disfarçado



MENÇÕES HONROSAS: Hao (hokuto no ken), Aizen Sousuke (Bleach), Meruem (Hunter x Hunter), Anão do Frasco (Fullmetal Alchemist Brotherhood), All For One (Boku no Hero), Equipe Rocket (Pokemon) e Sesshomaru (Inuyasha) .

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Curta e siga as redes sociais do blog (FacebookTwitter) e se sinta livre para me perguntar qualquer coisa no Curious Cat e adicionar o meu perfil do Google +.

Comentários, compartilhamentos e curtidas são sempre bem-vindos. Obrigada pela visita e atenção. See you, Space Cowboy ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário