quinta-feira, 3 de março de 2016

Deathtic 4 (Shinji Kimura) - Maratona Semanal #03















Tim Burton talvez tenha curtido. Eu não.

Poucas coisas se salvam nesse curta. No geral, achei péssimo. Não por ser tão diferente de um anime, mas por perceber que ele no fim das contas não chega a lugar nenhum. Não provoca nada. É uma sacola com furo. O diretor Shinji Kimura vai nos enchendo com informações vagas demais, que no término, resulta num grande nada. 

Um garoto de olhos esbugalhados e com uma mãe horrorosa vive num mundo que mais parece um pesadelo, no qual ser considerado fedorento é um enorme elogio. Mas em se tratando de um mundo de zumbis, as coisas não poderiam mesmo ser diferentes. Certo dia, enquanto se encaminhava para a escola, o garoto vê um sapo cair do céu e parar direto num lago. Para evitar problemas com a polícia dos zumbis, o garoto pede ajuda a Blaze, Ashe e Posse, três auto-denominados "super-heróis", para que possam devolver o sapo a seu mundo através do buraco Uzu-Uzu, um portal que comunica o reino dos mortos com o mundo dos vivos.

Eu gostei do visual dos personagens, bem como a de todo o universo. O 3D não é o pior dos problemas, embora apresente congruências. Esteticamente, não dá pra dizer que não está criativo. O problema está na execução das ideias, que são uma verdadeira confusão. Os diálogos são horríveis, porque não acrescentam em nada, e ainda pra ficar tudo pior, a trilha sonora é péssima, porque não cria uma atmosfera adequada, pelo contrário, só ajuda a deixar tudo ainda mais confuso e chato com os ruídos exagerados. Se eu fosse você, eu ignorava esse curta, e daria uma olhada nos outros. A não ser que queira ver com os seus próprios olhos o quanto esse bagulho é ruim. Mas não diga depois que eu não avisei!

_________________________________________________________________________________

Amanhã continua a maratona! Será a vez de '' Doorbell (Yuji Fukuyama) ''. Até lá!
                                                               Facebook | Twitter 

Nenhum comentário:

Postar um comentário