sexta-feira, 25 de março de 2016

Animes para NÃO assistir com a família, de jeito nenhum! {18+}


















Bora reunir os parentaiada pra assistir desenho japonês?


Antes de mais nada. Gostaria de dizer que eu gosto de fazer posts assim de vez em quando, mais descontraídos do que o normal, pra dar aquela relaxada. Espero que entendam e gostem desse formato. Sugestões para os próximos, são mais que bem-vindas!Beleza? Então, vamos ao que interessa. 

Prison School

Jamais, em hipótese alguma, assista isso com sua família. Sério, será constrangedor. O anime estregou até então recentemente, e já dividiu muitas opiniões acerca de sua qualidade. Muitos adoraram (como eu), outros odiaram pelo fato do ''mangá ser melhor'' ou algo do tipo. Particularmente, eu não conheço o mangá, então, não tem como eu dizer se ele é realmente bom. O que eu posso dizer é: O anime é hilário! Se você assistir isso com sua tia por exemplo, tenho certeza que você será taxado de pervertido. Agora, se você ver com um amigo, ou um irmão com a mente aberta, a experiência seria bem mais aproveitosa, pelo fato de que; vocês dariam boas risadas.

Prison School é um ecchi hardcore dos bons. Ele usa a finalidade com um propósito, e não gratuitamente como podemos ver por aí. Peitões mega exagerados, ângulos que expõem as personagens, tudo isso para torturar os cinco estudantes que estão presos na escola. Eles farão de tudo tudo para tentar fugir de lá, mas serão abusados fisicamente diversas vezes. Prepare-se para muitas cenas picantes, e ria feito uma hiena desmamada com as expressões dos personagens, e de toda aquela doidera. Mas lembre-se: certifique de que está sozinho em casa, ou ao menos, está longe dos pais.

Se você gostar, veja os animes ''Shimoneta'' e ''Yosuga no Sora''. Ou então, o próprio ''Golden Boy'' para rir com o apelo sexual de tão constrangedor. 



Unko San

Um anime onde a história gira em torno de uma fada das fezes, que vive em uma ilha com a intenção de deixar todos os seus amigos fezes felizes. Okay, definitivamente, se você assistir isso com alguém intimo, é de deixar qualquer um pensando mal a seu respeito.  Tem que ser muito inteligente pra perceber que você está tirando onda com a cara da pessoa, e que você na realidade não acha graça nisso (bom,pelo menos é isso que devem pensar!). Agora, se você quer que saibam o quanto o seu gosto pra entretenimento é duvidoso e estranho, não reclame depois que te arrastarem pra uma igreja afim de exorcizar seus demônios. 

Se gostar, vá para um psicólogo assista Moyashimon, porque tem um colegial falando com micróbios. Manche ainda mais sua fama com a família tradicional brasileira :) #DicasDollynho



Wicked City


Se quer se divertir, não tem erro, Wicked City é a solução. Pra quem não sabe, se trata de um filme neo-noir de 1987, do gênero horror dirigido por Yoshiaki Kawajiri, baseado no romance de mesmo nome de Hideyuki Kikuchi. A história se passa no final do século 20 e explora a ideia de que o mundo humano convive secretamente com o mundo dos demônios com uma força policial secreta conhecida como a Guarda Negra para proteger a fronteira.

Tá, mas o que tem demais? É simples meus caros, Wicked City, têm muitos fenômenos bizarros, que só os sádicos de plantão irão curtir. Acho que eu não preciso dizer mais. Se te interessou, leia esse texto completo que fiz sobre, clica aqui.

Se você quiser tocar o terror ainda mais com os parentes reunidos num domingão, assista Terror em Love City e deixe todo mundo sem entender nada com cabeças sendo explodidas. 


A Kite

Preparado para descer o nível ainda mais e levar uma boa cintada na bunda? Essa dica é pra não deixar dúvidas: você é um perturbado de verdade! A kite se trata de uma menina vivendo no submundo no meio de marginais, estupradores, gangsters, enfim é muita, mais muita violência. Têm cenas picantes e muito sangue jorrando. Kite conta a estória de Sawa, uma garotinha que teve seus pais mortos e faz um bico como matadora de aluguel para Akai, um policial corrupto e manipulador que usa de argumentos mentirosos para convencê-la a matar sem remorsos. Mas seu destino muda quando ela conhece Oburi, um outro jovem assassino que quer se livrar dessa vida.

Esse filme tem um lugarzinho especial no meu coração porque foi um dos primeiros filmes que tentei resenhar aqui no blog. Tá mal escrito, mas dá pra ler, clica aqui

Quer manchar um pouco mais sua reputação? Assista Mezzo Forte.


Boku no piko

Um menino afeminado chamado Pico, trabalha no bar de seu avô durante o verão, com a esperança de fazer alguns amigos. Tamotsu está na praia quando vê Pico, e ele se apaixona imediatamente, mas acreditando que ele fosse uma garota. Mais tarde, ele o encontra no bar do avô, e ele sugere que eles passem mais tempo juntos.

HAHAHAHAHAHA Cara, esses três OVAs é de deixar qualquer um envergonhado. Mais polêmico que mamilos, Boku no Piko aborda a homossexualidade com cenas altamente explícitas. Esse anime é pra ficar sem internet por um ano, vai por mim.

Se gostar, toma um rumo na vida que você tá precisando.


Faltou algum? Claro que sim! Complete essa lista nos comentários se puder, diga também qual desses você viu ou ainda pretende. Curta a Nave Bebop no Facebook e siga também no Twitter para ficar por dentro do blog. Muito obrigada pela visita e até mais!

Obs: Os comentários antigos do blog sumiram temporariamente, mas, já estou tentando resolver isso. Se quiser, você pode comentar normalmente, mesmo que por ventura ele desapareça, ainda sim, consigo visualizar na página do disqus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário